Menu

FGTS

Foi criado em 1967, em substituição, à estabilidade no emprego. O FGTS consiste num depósito mensal feito pela empresa, em uma conta da Caixa Econômica Federal, correspondente a 8% da remuneração. Em todo o dia 10, os valores depositados na conta do FGTS são corrigidos. SAQUE DO FGTS > O FGTS poderá ser sacado: > No caso de demissão do trabalhador sem justa causa; > Término do contrato de experiência; > Rompimento do contrato de experiência por iniciativa da escola; > Aposentadoria; > Pedido de demissão ou demissão sem justa causa do professor já aposentado; > Extinção da empresa; > Morte do empregado (o saque é feito pelos dependentes informados pelo INSS). SAQUE DO FGTS NA VIGÊNCIA DO CONTRATO > Idade igual ou superior a 70 anos, mesmo trabalhando. O saque é feito mensalmente; > Aquisição da casa própria, pagamento de prestações, amortização ou liquidação do saldo devedor; por financiamento de casa própria pelo sistema financeiro de habitação; > Soropositividade ao HIV do titular da conta ou seu dependente; > Acometimento de câncer pelo titular da conta ou seu dependente; > Acometimento de mal de Parkinson.