Menu

Sinpro-Caxias na ativa!

Preocupação com saúde, emprego e direitos

O isolamento social necessário para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19) impactou a realidade dos professores do ensino privado desde a segunda quinzena de março, assim como todas as comunidades escolares e a sociedade em geral. O Sinpro/Caxias também precisou se adaptar à nova realidade.
 

O sindicato se manteve atuante e acompanhando as novas demandas em relação às aulas a distância implementadas pelas instituições de ensino. Atuamos com reuniões virtuais, atendimentos por telefone, WhatsApp e redes sociais, além de agendamentos presenciais quando absolutamente necessário. As maiores preocupações do Sinpro/Caxias são a preservação dos direitos e da empregabilidade dos professores. Confira a atuação do Sinpro/Caxias nos 10 pontos listados abaixo. 
 

  1. Pressionamos desde o início da crise pela suspensão das aulas e atividades presenciais para proteger a saúde e segurança dos professores.
     
  2. Entregamos documento ao patronal, em unidade com os demais sindicatos do ensino privado gaúcho, reivindicando diversos itens para regular o trabalho e proteger a saúde no período. Estamos apresentando reivindicações para que as aulas e atividades presenciais só voltem a acontecer quando forem asseguradas as condições de segurança.

     
  3. Viabilizamos acordos com instituições de ensino, sempre priorizando os direitos dos professores.

     
  4. Buscamos e obtivemos a prorrogação da Convenção Coletiva de Trabalho da educação básica, cujas negociações com vistas à renovação foram interrompidas pela pandemia. Depois retomamos e finalizamos as negociações, sendo que a Convenção Coletiva será divulgada em breve.

     
  5. Estamos em plena negociação da Convenção Coletiva da educação superior com o Sinepe/RS (sindicato patronal).

     
  6. Mantivemos a fiscalização durante o processo de homologação das rescisões de trabalho, por agendamentos e respeitando à precaução à pandemia.

     
  7. Asseguramos o atendimento jurídico necessário.

     
  8. Voltamos nossa atenção para casos e problemas de instituições específicas. Um exemplo é a Universidade de Caxias do Sul (UCS), onde foi desenvolvida pesquisa com os professores, diversas reuniões com a Reitoria e encontros virtuais das entidades representativas de professores e funcionários com o objetivo de alinhar a atuação e buscar alternativas. 

     
  9. Procuramos informar os professores sobre as decisões importantes relacionadas à educação durante a pandemia no nosso site, redes sociais e WhatsApp.

     
  10. Promovemos a valorização do trabalho dos professores.

 

Se você tem alguma avaliação ou sugestão para informar ao Sinpro/Caxias, estamos à disposição.

Direção do Sinpro/Caxias