Menu

Porto Alegre vive dia histórico

Porto alegre vive dia historico

A quarta-feira, dia 24, data em que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) julgará o recurso de Lula no processo referente ao caso do tríplex do Guarujá (SP), tem se configurado como um momento histórico sem precedentes.

UNE e UBES transferem sedes para POA

A União Nacional de Estudantes (UNE) e a União Brasileira de Estudantes (UBES) transferiram suas sedes para Porto Alegre hoje (22/01), a exemplo do que a UNE havia feito em 1961, ano em que a capital gaúcha também foi palco de grandes lutas na campanha pela legalidade, para garantir que João Goulart fosse empossado presidente.

Ressurge a Rede da Legalidade

Outra estratégia dos movimentos sociais que remete ao início da década de 60 é a recriação da Rede da Legalidade, que na época foi uma campanha liderada por Getúlio Vargas. Agora, a Rede é organizada por voluntários, numa cadeia formada por mais de 250 rádios comunitárias espalhadas em 25 estados. A cobertura chega a 11 capitais brasileiras, além de emissoras espalhadas por países da América Latina que estarão recebendo informações em espanhol e pode ser ouvida AQUI  -  ou acessada via página do Facebook: @rededalegalidade2018

Expressivo apoio internacional

O Manifesto Eleição sem Lula é fraude  foi traduzido em sete idiomas e conseguiu apoio em mais de 110 países (o documento foi lançado no final de dezembro pelo economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, o diplomata Celso Amorim, o cantor e compositor Chico Buarque, os escritores Raduan Nassar e Milton Hatoum, a socióloga Maria Victoria Benevides, o jurista Fábio Konder Comparato, a jornalista Hildegard Angel e o líder do MST, João Pedro Stédile). Recentemente, mais de 20 países realizaram atos em apoio a Lula. Até o advogado da Comissão de Direitos Humanos da ONU, o britânico Geoffrey Robertson, estará na sala do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) durante o julgamento.

Mobilização de sindicalistas

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) informa que delegações de sindicalistas de vários países vão se somar aos milhares de manifestantes brasileiros na vigília em apoio ao ex-presidente Lula em Porto Alegre. Organizações mundiais de trabalhadores, como a Confederação Sindical Internacional (CSI) e a IndustriALL Global Union (sindicato mundial dos trabalhadores na indústria), estão intensificando a mobilização de suas entidades filiadas para a atividade. Os sindicalistas assinalam que as entidades internacionais acompanham com apreensão os desdobramentos do golpe no Brasil e da investida neoliberal na América Latina, com seus ataques aos direitos trabalhistas e previdenciários. 

Contra Lula

A programação dos defensores do direito de Lula concorrer é extensa, mas estão programadAs também manifestações contra Lula. O Ato em defesa da JustiçA, promovido pelo Vem pra Rua está agendado para o Parque Moinhos de Vento na terça-feira, 23/01, às 18h. Para a quarta-feira, 24, o  Movimento Brasil Livre (MBL) programou o CarnaLula, com a Banda Loka Liberal, às 18h, também no Parque Moinhos de Vento.

Informe-se

O Sinpro/Caxias sugere alguns sites que estarão transmitindo ao vivo as manifestações:

Brasil de Fato 

Sul 21