Menu

Caxias do Sul em bandeira preta: aulas presenciais suspensas

A L E R T A

O RS atingiu um patamar de avanço em todos os indicadores monitorados pelo modelo de Distanciamento Controlado ainda não visto desde o início da pandemia de coronavírus. O mapa preliminar da 42ª rodada, divulgado na sexta-feira (19/2), trouxe 11 regiões em bandeira preta, que significa nível altíssimo, o mais crítico no que diz respeito à velocidade de transmissão da doença e capacidade hospitalar. Caxias do Sul é uma das cidades na região demarcada com bandeira preta.

Conforme o governo do estado, a retomada de aulas presenciais está suspensa nas regiões de bandeira preta a partir de terça-feira (22/2), com a publicação do mapa definitivo. Como muitas escolas haviam previsto começar já na segunda (21), a recomendação foi para que não iniciassem.

“Posso afirmar, sem dúvida nenhuma, que é o pior momento que enfrentamos, e não imaginávamos que enfrentaríamos um momento como este depois das duas primeiras ondas que tivemos”, destacou o governador Eduardo Leite ao divulgar o mapa preliminar da 42ª rodada do Distanciamento Controlado (apesar do esforço de cientistas e especialistas de avisarem desde o fim do ano passado sobre o perigo da flexibilização). 

  Verifique o que muda na educação, nas regiões em bandeira preta  

A educação infantil em creches e pré-escolas, o Ensino Fundamental, de anos iniciais e finais, o Ensino Médio e Técnico e o Ensino Superior (incluindo graduação e pós-graduação) só podem ocorrer de forma remota.

O ensino presencial é permitido, com restrições, atendimento individualizado e sob agendamento, apenas para atividades práticas essenciais para conclusão de curso de Ensino Médio Técnico concomitante e subsequente, Ensino Superior e pós-graduação da área da saúde (pesquisa, estágio curricular obrigatório, laboratórios e plantão), e Ensino Médio Técnico subsequente, Ensino Superior e pós-graduação (somente atividades práticas essenciais para conclusão de curso: pesquisa, estágio curricular obrigatório, laboratórios e plantão).

  Alerta  

A diretoria sindical está em plantão de alerta nas próximas semanas e pede a ajuda dos professores para que relatem qualquer situação em desacordo com a legislação ou dúvidas pelo telefone (54) 3228-6763 para que as devidas providências sejam encaminhadas. 

Com informações do site do governo do RS